20150302092952203267eBrasília, 02 de março – Começa hoje o prazo para envio das declarações do Imposto de Renda 2015. Este ano, devem prestar contas ao leão 27,5 milhões de pessoas. São meio milhão de contribuintes a mais que o registrado pelo Fisco em 2014. Quem está chegando agora deve ficar atento aos prazos de entrega: assim como nos anos anteriores, a Receita Federal receberá as declarações até às 23h59min de 30 de abril. Quem perder a hora terá de pagar multa que vai de R$ 165,74, no mínimo, a 20% do imposto devido, no máximo.

Em 2015, são obrigados a declarar o IR contribuintes que tiveram renda tributável superior a R$ 26.816,55. Também precisam prestar contas as pessoas que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou exclusivamente na fonte maiores que R$ 40 mil. Enquadram-se nessa classificação lucros da poupança, herança ou doação. Quem operou na bolsa de valores em 2014 precisa declarar o IR. A exigência também vale para quem possua bens de valor maior que R$ 300 mil. Por fim, estão obrigados a prestar conta os proprietários rurais que tiveram receita superior a R$ 134.082,75.

A declaração pode ser feita em dois modelos de tributação: simplificado ou completo. Os contribuintes que optarem pelo primeiro podem descontar até R$ 15.880,89 ou, no máximo, 20% sobre a base de cálculo do imposto pago. Quem tem muitos gastos dedutíveis — com saúde, educação, dependentes e com a Previdência Privada — ou rendimentos acima de R$ 79.404,45 deve optar pelo modelo completo, conforme recomendação da Receita.