download (2)Brasília, 01 de junho – Uma reunião nesta sexta-feira (29) debateu os encaminhamentos necessários para que Brasília torne-se a primeira unidade da Federação a ter procedimentos simplificados na abertura e no licenciamento de empresas — o que deve ocorrer até o fim de junho. Desde outubro, os empreendedores brasilienses contam com facilidades no fechamento de negócios, graças a um projeto piloto realizado em parceria com a Secretaria da Micro e Pequena Empresa (SMPE) da Presidência da República.

No encontro do governador Rodrigo Rollemberg com o ministro da SMPE, Guilherme Afif Domingos, foi discutido como integrar em um único sistema a emissão do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica, o Número de Inscrição do Registro de Empresas, e aspectos de viabilidade e licenciamento dos empreendimentos. Participaram também os secretários da Fazenda, Leonardo Colombini, e de Economia e Desenvolvimento Sustentável, Arthur Bernardes, além de outros integrantes dos Executivos federal e distrital.

Estamos trabalhando para simplificar a regularização e incentivar o desenvolvimento das micro e pequenas empresas em Brasília”, comentou Rollemberg. Segundo ele, o governo vai elaborar um projeto de lei, com a ajuda da Procuradoria-Geral do Distrito Federal, que viabilizará os procedimentos de redução da burocracia para empreendedores.

Cerca de 97% dos negócios em atividade no Brasil são de pequeno porte. De acordo com o ministro Afif Domingos, as medidas também vão beneficiar os grandes. “Os instrumentos estão aí, a vontade política existe, e agora nós vamos juntar forças para que ainda no mês de junho transformemos Brasília em um modelo nacional de simplificação.”